Rua Padre António Vieira, Edifício da AAC, 3000-315 Coimbra gefac.uc@gmail.com 239 826 094

Amor Desgarrado

AMOR DESGARRADO

Estreia, 24 maio 2013, Mogadouro
SINOPSE

O grupo de teatro do GEFAC vem, desde há alguns anos, trabalhando os textos da tradição oral portuguesa, e, de uma forma particularmente única, o Teatro Popular Mirandês, cujas peças foram recolhidas pelo grupo na região de Miranda do Douro na década de 70, publicadas em dois livros e apresentadas em vários espectáculos levados a cena ao longo das últimas três décadas de existência do grupo.
O actual espectáculo de teatro apresentado propõe-se a revisitar este espólio que já faz parte do património identitário do grupo, mas com uma atitude inovadora e criativa, que opõe a recriação à simples repetição da tradição. Num processo de criação colectiva, partiu-se das comédias populares mirandesas que, de um modo tão singular, abordam a temática amorosa, para encontrar um sentido actual e original que justificasse a reinterpretação artística destes textos.

O resultado é um espectáculo genuíno, constituído por excertos de diferentes peças de Teatro Popular Mirandês, que de tão distintas são capazes de se cruzar, emaranhar e partilhar uma mesma história… assim como uma espécie de Amor Desgarrado.

 

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Concepção Artística: GEFAC (criação colectiva)
Concepção Musical: GEFAC (músicas tradicionais portuguesas)
Figurinos, Adereços e Cenários: GEFAC e Filipa Malva
Desenho de luz: GEFAC
Elenco: Ricardo Rodrigues, Raquel de Melo, Catarina Peixoto, Juš Škraban, Susana Agostinho, Carolina Louro, João Pedro Gama, Dayanne Bento, Diogo Lobo, Paulo Yoshida, João Alegre e João Madeira.

 


Cartaz Amor Desgarrado, GEFAC

FOTOGRAFIAS

Henrique Patrício

Partilhar