Rua Padre António Vieira, Edifício da AAC, 3000-315 Coimbra gefac.uc@gmail.com 239 826 094

Ciclo de Conversas Encontros a Pretexto

6, 20, 25 e 27 de Maio de 2010, 18.00, Foyer do TAGV, Coimbra

Integrado no programa das

XIII Jornadas de Cultura Popular: Ao Encontro de Ernesto Veiga de Oliveira

Comemorando-se em 2010 o centenário do nascimento de Ernesto Veiga de Oliveira, e cumprindo-se 20 anos desde a sua morte, o GEFAC decidiu dedicar a organização das XIII Jornadas de Cultura Popular a esse grande mestre da etnologia portuguesa, e nosso sócio honoris causa, e prestar-lhe uma justa homenagem.

Os “Encontros a Pretexto”, série de conversas informais, pretendem ser um primeiro momento de partilha de ideias e de experiências entre estudiosos e interessados, acerca de Ernesto Veiga de Oliveira e de temas dispersos e diversos que foram objecto do estudo do etnólogo. Pretendem também ser uma modesta homenagem à diversidade temática da obra de Ernesto Veiga de Oliveira, bem como um meio de evidenciar a relevância dessa obra para a cultura nacional.

6 de Maio – 18.00: À Boleia do Rouquinho – Vida e Obra de Ernesto Veiga de Oliveira

Inserida no programa das XIII Jornadas de Cultura Popular, este primeiro encontro a pretexto de Ernesto Veiga de Oliveira tem como objectivo evocar a vida e obra deste antropólogo, sublinhando o seu contributo para os estudos da etnografia portuguesa. A conversa, com a presença dos antropólogos Clara Saraiva e João Leal, girará em torno do trabalho de Ernesto Veiga de Oliveira, bem como dos estudos desenvolvidos em colaboração com Jorge Dias, Margot Dias, Benjamim Pereira e Fernando Galhano.

Conversa com Clara Saraiva e João Leal, moderada por Adérito Araújo.

20 de Maio – 18.00: Quantos modos de olhar a música – Perspectivas Sobre a Música Tradicional Portuguesa

Tendo como ponto de fuga a importância dos estudos e das recolhas feitos pelo Ernesto Veiga de Oliveira – ao nível do património áudio e instrumentos musicais populares portugueses – pretendemos promover o confronto de diferentes perspectivas sobre a música tradicional portuguesa. Esta sessão consistirá na projecção do filme Significado – A Música Portuguesa Se Gostasse Dela Própria, do realizador Tiago Pereira (50min), que servirá de mote para um debate com Louzã Henriques e Manuel Pires da Rocha.

Conversa com Tiago Pereira e Louzã Henriques, moderadada por Manuel Pires da Rocha.

25 de Maio – 18.00: Levando a Água ao Moinho – EVO e a Tecnologia Tradicional

Esta encontro pretende abordar a evolução histórica, social e económica de algumas tecnologias tradicionais utilizadas nas actividades agrícolas e marítimas em Portugal. Procura-se, aqui, abordar a vertente tecnológica destes sistemas tradicionais, e analisar o paralelismo entre os sistemas contemporâneos de aproveitamento energético de recursos naturais (marés, vento e rios) e os tradicionais métodos de utilização destes recursos.

Conversa com David Gamboa, José Cirne e Pedro Salvado, moderada por Amanda Guapo.

27 de Maio – 18.00: De Telhado em Telhado – EVO e a Arquitectura Popular

Partindo de um enquadramento da obra de Ernesto Veiga de Oliveira no debate sobre a arquitectura popular em Portugal, pretenderemos explorar, além da classificação de tipologias de matriz rural, outras, de cariz mais urbano. A referência a práticas e técnicas actuais, bem como ao contacto de uma perspectiva antropológica na prática e investigação da arquitectura actual serão também temas a abordar, neste encontro com a presença do arquitecto Victor Mestre e do historiador Paulo Varela Gomes

Conversa com Paulo Varela Gomes e Vítor Mestre, moderada por Luísa Correia.

Partilhar